A Obra de Arte de Deus

de Carlos Eduardo Felix

 

Hoje ganhei um presente muito especial.

Quem me deu foi uma criança. Com um sorriso no rosto, seus olhos verdes claros me fitando, e sua mão estendida, ela me deu um desenho num papel.



 

O céu é pintado de azul com nuvens azuis. O sol amarelo tinha dois olhos, sendo que um é maior que o outro; um nariz cor de jerimum; e uma boca vermelha, com a língua do lado de fora.

Há também um arco-íris com doze cores, e um solo com tudo verde. No lado esquerdo do desenho há os nossos nomes, e no lado direito um bonequinho desenhado. E neste boneco, o seu nome: Deus.

É verdade que não é uma obra de arte. Talvez se você o encontrasse no chão não lhe chamaria atenção. Se eu o levasse para ser vendido numa feira de arte, ninguém o compraria e ainda ririam de mim.

Mas tudo bem. Não tenho nenhuma vontade de vendê-lo, e nem tampouco jogá-lo fora. Pois este desenho é muito importante para este simples escritor.

Isso não lhe faz lembrar de Jesus?

Você também é sua obra de arte. Ele o desenhou com seus próprios dedos. Cada detalhe, cada traço, cada centímetro foi feito por suas mãos transformadoras e divinas.

Seus olhos foi ele quem os pintou.
Sua boca foi ele quem a modelou.
Seu coração foi ele quem o criou.

Vá a um espelho e diga-me o que você vê.

Um pecador, um perdedor, um sofredor?

Não.

Ele não o vê assim. Toda vez que Deus olha para você, ele se vê em você. Afinal de contas, você foi criado à imagem e semelhança dele.

Deus é um artista?

De certa forma sim, e você encontrará sua obra de arte mais bela num espelho, talvez escovando os dentes, e até lavando o rosto.

E esta vida que você tem é o presente dEle para você. Deus lhe deu esta vida, e fez de tudo para que pudesse durar uma eternidade, tamanho é o Seu amor por você!

 

Copyright © 2003 Carlos Eduardo Felix. Todos os direitos reservados.