O Tempo Voa

de Tom Norvell

 



 

Eu me lembro desta piada quando era criança. Pergunta: "Você sabe como fazer o tempo voar? " Resposta: "Jogue um relógio pela janela." (Eu não disse que era piada engraçada.) Agora longe daqueles dias de infância, eu sei de outra maneira para fazer o tempo voar: Viver mais tempo.

Certa vez eu ouvi uma explicação como uma questão de proporções. Um ano para um uma criança de dez anos é um décimo da vida dela. Um ano para um cinqüentão é um qüinquagésimo. Para a criança de dez anos um ano parece uma eternidade. Para o cinqüentão é apenas como um momento. Para a criança olhando para o futuro, um ano é difícil de imaginar e algo que ela quer que passe rápido. Para o pai daquela criança, é quase algo que ele gostaria de retardar. O tempo voa.

O tempo já voou.

Parece que foi ontem mesmo que ele começou a ir para a escola. Lá foi ele com roupas novas, com a bolsa de livros e toda a animação de um criança numa nova aventura. Hoje as roupas novas são da formatura. Ele leva o diploma dele, o telefone celular, e talvez seu cartão de crédito.

Parece que foi ontem mesmo que ela estava contente em brincar na areia da praia, fazendo passeios a pé no bairro, e aprendendo a andar na bicicleta dela. Agora ela está planejando um casamento e sonhando com um castelo real no próprio bairro dela.

Parece que foi ontem que você a segurou pela primeira vez. Você não podia acreditar que era pai. Agora você está em pé no berçário segurando a criança dela. Não dá para acreditar que você é avô.

Nem faz muito tempo, parece, quando seu Pai saia para o trabalho de manhã cedo e voltava no final do dia. Havia apenas luz do dia o suficiente para jogar bola com você e fazer algumas tarefas antes do jantar. Agora ele está longe a maior parte do tempo. Ele partiu vários anos atrás e só ocasionalmente volta para onde você está. Você tenta fazê-lo lembrar, mas ele não consegue. Ele olha pela janela e você quer saber onde o tempo foi.

Parece que foi ontem que os dois estavam diante de convidados, em sua roupa mais fina, expressando seu amor e devoção para toda vida? Agora você está celebrando outro aniversário e falam de bodas de prata ou ouro.

Por mais que tentemos, nós não conseguimos pará-lo nem retardá-lo.

Não parece tanto tempo que uma viagem para a casa da avó era um passeio longo, cheio de expectativas de refeições e alegria, e dias cheios de paz. Agora você lembra que a casa dela estava só a alguns quilômetros de distância, e um estranho mora lá. Só as recordações de dias passados permanecem.

O tempo voa. Por mais que tentemos, nós não conseguimos pará-lo nem retardá-lo. Em breve, hoje será só uma memória distante daquilo que uma vez era. É assim que a vida é.

A Bíblia nos lembra que o tempo voa: “Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa.” (Tiago 4:14 NVI)

O tempo voa.
O tempo está voando.
O tempo voou.

Nós não podemos mudar o que aconteceu ontem e temos muito pouco controle daquilo que vem amanhã. O que nós temos é hoje. Hoje é um presente de Deus para ser compartilhado com todos que nós amamos. Vamos aproveitar o dia. Vamos compartilhá-lo. Vamos aproveitar o hoje para criar uma memória que lembraremos por anos quando estivermos sentados refletindo sobre como o tempo tem voado.

Aproveite hoje... porque o tempo voa, até mesmo quando ninguém joga o relógio pela janela.

 

 

Copyright © 2005 Tom Norvell. Todos os direitos reservados.