Um Dia Que Brilha Para Sempre

de Paulo Roberto Barbosa

 



 

"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito" (Provérbios 4:18).

Um velho sábio perguntou a seus jovens discípulos: "Quando termina a noite e começa o dia?" Um deles respondeu: "Quando alguém pode ver a diferença entre uma ovelha e um tigre?" "Não". Outro arriscou: "Quando alguém pode ver a diferença entre uma árvore e um homem?" "Não". "Então nos diga, sábio". Ele respondeu: "A noite termina e o dia começa quando você pode ver Deus no rosto de um irmão e uma irmã".

O que temos visto ao nosso redor? O que tem marcado significativamente os nossos dias? Que experiências temos tirado dos acontecimentos que temos presenciado? Temos vislumbrado mais a noite ou o dia?

Quando o nosso coração está vazio de Deus e a vida espiritual tem sido relegada a um plano inferior, facilmente somos induzidos a perceber o lado negativo de todas as coisas. O vizinho é antipático, a moça do caixa do supermercado nos trata com indiferença, os colegas do trabalho não nos dão atenção, tudo é aborrecido e desagradável. Os nossos olhos são incapazes de enxergar qualquer coisa boa. A vida não passa de uma noite escura e interminável.

Quando abrimos o nosso coração para o Salvador Jesus Cristo e pedimos a Ele que nos guie pelas sendas do amor e da felicidade, todo o cenário se torna diferente. As cores são mais vivas e encantadoras. Os jardins são sempre floridos e perfumados, a alegria parece estar de pé para nos abraçar em cada esquina do caminho. Aquele vizinho se mostra agora gentil e amigo. A atendente do supermercado é solícita e sorridente. Os companheiros do trabalho não poderiam ser mais atenciosos. O vento que entra pela janela traz consigo uma melodia que nos induz a cantar e dançar. Tudo que vemos é bonito e nos enche de vontade de viver. Nossos dias são ensolarados e não conseguimos imaginar se a noite um dia voltará.

Quando Deus está em nós, as bênçãos do Senhor transformam as trevas em dias brilhantes e cheios de prazer.

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite a página de Paulo Roberto em http://intervox.nce.ufrj.br/~tprobert/index.html

  Copyright © 2009 Paulo Roberto Barbosa. Todos os direitos reservados.