Jesus está perto

de Dennis Downing

 



 

Navegaram para a região dos gerasenos, que fica do outro lado do lago, frente à Galiléia. Quando Jesus pisou em terra, foi ao encontro dele um endemoninhado daquela cidade. Fazia muito tempo que aquele homem não usava roupas, nem vivia em casa alguma, mas nos sepulcros. Quando viu Jesus, gritou, prostrou-se aos seus pés e disse em alta voz: “Que queres comigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Rogo-te que não me atormentes!” Pois Jesus havia ordenado que o espírito imundo saísse daquele homem. Muitas vezes ele tinha se apoderado dele. Mesmo com os pés e as mãos acorrentados e entregue aos cuidados de guardas, quebrava as correntes, e era levado pelo demônio a lugares solitários. Jesus lhe perguntou: “Qual é o seu nome?” “Legião”, respondeu ele; porque muitos demônios haviam entrado nele. – Lucas 8:26-30

Os discípulos enfrentaram na tempestade no lago uma força muito maior que eles. Semelhantemente, este homem estava perdendo uma luta contra forças superiores - uma tropa de demônios. A palavra legião era usada para seis mil soldados romanos. Aqui não significa tanto este número exato quanto um número muito superior às condições deste homem solitário. Maria Madalena foi curada de sete demônios (Lc 8:2). Não sabemos ao certo porque Jesus perguntou o nome, mas sua pergunta revelou o estado deplorável em que o homem se encontrava.

Jesus sabe o nome de cada tentação, de cada fraqueza, de cada força do mal que atormenta os filhos de Deus hoje. E por maior que sejam, nenhum deles resiste ao poder do Filho de Deus. Seja qual for a sua luta, chame o nome de Jesus para lhe ajudar. Ele não precisa atravessar um lago para chegar onde você está. Ele já está bem perto, só esperando o seu chamado.

Oramos ao Pai – Poderoso Senhor, é tão bom saber que temos um Deus que não só conhece nossas fraquezas, como também tem compaixão de nós. Obrigado por estar sempre ao nosso lado. Obrigado por todas as vezes que o Senhor nos livrou do inimigo, especialmente aquelas vezes quando nem percebemos o perigo. Obrigado, Pai, por cuidar tão bem de nós. Em nome de Jesus oramos. Amém.

Esta meditação vem de "Jesus disse", um devocional diário gratuito focalizado nas palavras de Jesus.
Visite e assine o devocional em www.hermeneutica.com/jd


  Copyright © 2009 Dennis Downing. Todos os direitos reservados.