É Deus que faz!

de Dorian Anderson Soutto

 



 

Lá estava eu novamente em busca de respostas, o que fazer, como e quando. Minha bíblia, onde está ela? Preciso de respostas, preciso de algo que acalente meu coração.

O que fazer? É a pergunta que não vai embora.

Bíblia na mão uma pergunta no coração; por onde começo? Pai dá-me uma luz!

Foi o suficiente para iniciar aquele dialogo de sempre.

"Toda escritura é divinamente inspirada." È a resposta que vem ao meu coração.

Pai não é fácil! Como vou encontrar resposta na genealogia de Adão a Noé, ou de Abraão a Cristo?

Ela se discerne espiritualmente, porque não me pede ajuda.

Verdade...

Como posso me esquecer disto.

Pai preciso de Ti! Ajuda-me, abra meus olhos para enxergar em toda escritura as suas palavras, por favor, Pai, dependo de Ti! Em nome de Jesus - Amem!

Vamos lá...

Abro a primeira página de minha bíblia passo pelo índice, algumas declarações de minha esposa escrita com uma letra doce em uma página quase em branca, alguns pedidos de oração na próxima página rabiscada por mim mesmo, enfim a palavra.

Gênesis 1:1 “No principio criou Deus os céus e a terra.”

Bom... aí está! È o contato com a palavra, é ela! Eu homem, criatura tido por filho diante da palavra do Criador que agora é Pai. Como Deus pode me falar algo através um simples versículo? Fecho meus olhos e começa a meditar... "No principio criou Deus os céus e a terra".

È isto! Lá estava Ele, somente ele. Deus! O soberano! Ninguém mais. Nenhum homem é citado, nenhuma presença a não ser Ele com Ele.

Onde eu estava? Ainda não existia, mas Ele sim, lá estava Ele...

No principio de tudo, exatamente lá, onde ninguém mais esteve, onde nada tinha forma, tudo era vazio, tudo trevas, lá estava Ele, soberano, no comando de tudo, pronto para transformar todo caos em beleza, em algo chamado por Ele mesmo de "Bom". O Deus bom fazendo algo bom.

E o que Ele fez? "Criou" é a resposta. Eu poderia ficar só com isto: "Criou Deus...". È Deus que faz! Esta é a resposta que eu procurava é estas palavras que combate toda a minha falta de fé, todo o meu desconforto. - Filho, sou Eu quem faço, sou Eu... Todas as coisas são feitas por mim e para mim, sem mim nada podeis fazer.

Digno és, Senhor nosso e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, pois tu criaste todas as coisas, e por tua vontade existem e foram criadas (Ap 4:11).

Ali... Em apenas um versículo Ele coloca o homem no lugar do homem e Deus no lugar de Deus, se faz conhecer por suas obras: "Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia as obras de suas mãos" (Sl 19:1).

Olho pela janela do quarto e vejo minha filha brincando com a mangueira d’água, embaixo de seus pés a grama verde e sob sua cabeça o céu azulado. Tudo isto teve um principio NELE, e sua fidelidade a sustenta tudo até hoje.

Todas as sua obras te louvarão, ó Senhor (Sl 145:10)".

"Grande e maravilhosas são tuas obras, Senhor, Deus todo-poderoso! (Ap 15:3)".

De alguma forma quando começo a me concentrar nas obras de Deus, vem a segurança e o conforto, tiro os olhos de mim mesmo, tiro os olhos de meus recursos, dos métodos humanos e coloco meus olhos naquele que é antes de tudo e que tem o controle de tudo, Ele é o método.

Termino de ler o verso 2 e 3 de Gênesis e concluo que aquilo que estava sem forma e vazio dentro do meu coração, tomou forma, Ele disse: Haja Luz! E houve luz.

Luz para meus caminhos é a sua palavra ó Deus, bondoso e misericordioso. Obrigado Papai. Perdoe-me por muitas vezes achar que sou eu quem faço. A obra é tua ó Pai!

Fecho minha bíblia e saio com o alimento para mais uma jornada. Servirá para eu caminhar mais um pouco, logo precisarei voltar a fonte. Mas bendito seja o nome de Deus que a fonte de água viva nunca seca. A tua palavra é viva, é eterna, não passará.

Obrigado novamente Pai, pela sua palavra. Obrigado, pois "É O Senhor quem Faz!".



  Copyright © 2010 Dorian Anderson Soutto. Todos os direitos reservados.