Uma oração matinal

de Alan Smith

 



 

A seguinte oração chegou a mim de forma anônima:

Querido Deus,

Até agora, hoje correu tudo bem. Eu não fofoquei. Não perdi minha paciência. Não menti nem tirei vantagem. Não fui ganancioso, mal humorado, chato, ou egoísta.

Estou muito grato por isso. Mas, daqui a alguns minutos, meu Senhor, vou ter que sair da cama; e daí em diante provavelmente vou precisar de muito mais ajuda.

em nome de Jesus, Amém.

Eu me identifico com essa oração, e você? Planos para o ano novo às vezes nem duram até o segundo dia de janeiro. A decisão de fazer regime só dura até a fome que antecede a próxima refeição. O compromisso de passar mais tempo na Bíblia ou oração se perde na correria de tantos afazeres em poucos dias. O viver da vida santa fica fragilizado pelo dia a dia das tentações da nossa cultura e as pressões de trabalho.

Ou talvez você seja abençoado e consiga cumprir aquelas promessas que fez a Deus. Talvez tenha sido relativamente fácil – até agora – mas, daqui para a frente você pode precisar de um pouco mais de ajuda para o dia, o semestre, ou o resto do ano, ou até mesmo o resto da sua vida. Se for seu caso, siga com esta oração de Davi:

Põe guarda, SENHOR, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios. Não permitas que meu coração se incline para o mal, para a prática da perversidade na companhia de homens que são malfeitores; e não coma eu das suas iguarias... Pois em ti, SENHOR Deus, estão fitos os meus olhos: em ti confio; não desampares a minha alma. Salmo 141:3-8 (ARA)

Que Deus lhe conceda a força necessária para viver para Ele neste dia.



  Copyright © 2011 Alan Smith. Todos os direitos reservados.