Seu Trabalho e Deus

de Max Lucado

 



 

[*** Nesta semana que antecede o Dia do Trabalho (ou Dia do Trabalhador), vamos refletir um pouco sobre como Deus torna o trabalho de cada um uma obra santa, como cada emprego, por mais simples ou humilde seja, é digno de reconhecimento e que o trabalhador é digno do seu salário. Ninguém melhor para iniciar esta série do que nosso amigo Max Lucado! Se a reflexão for edificante, por favor, repasse, sempre lembrando de incluir os links e as referências à autoria. Que Deus lhe abençoe com uma boa semana de trabalho!]

O calendário do Céu tem sete domingos por semana. Deus santifica cada dia. Ele realiza seu santo trabalho em todas as horas e em todos os lugares. Ele torna o comum em algo incomum, virando pias em santuários, restaurantes em conventos, e dias de trabalho em aventuras.

Dias de trabalho? Sim, dias de trabalho. Ele ordenou seu trabalho como algo bom. Antes que Deus deu a Adão uma esposa ou filho, até antes que ele o vestiu, Deus deu a Adão um trabalho. “O SENHOR Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo.” Gênesis 2:15 (NVI). Inocência, não indolência caracterizou a primeira família.

Deus vê o trabalho como merecedor do seu próprio mandamento: “Trabalhe seis dias, mas descanse no sétimo...” Êxodo 34:21 (NVI). Nós gostamos da segunda metade daquele versículo. Mas, ênfase no dia de descanso pode nos levar a perder de vista o mandamento de trabalhar: “Trabalhe seis dias”. Queira você trabalhar em casa ou no mercado, seu trabalho é importante para Deus.

E seu trabalho é importante para a sociedade. Precisamos de você! Cidades precisam de encanadores. Nações precisam de soldados. Semáforos param de funcionar. Ossos quebram. Necessitamos de pessoas para concertar o primeiro e reparar o segundo. Alguém precisa criar filhos e cuidar dos filhos que são mal criados.

Seja como for que você começa o dia, quando você trabalha você imita a Deus. O próprio Senhor trabalhou nos primeiros seis dias da criação. Jesus disse “Meu Pai continua trabalhando até hoje, e eu também estou trabalhando”. (João 5:17 NVI). Sua carreira consome metade da sua vida. Ela não devia refletir Deus? Aquelas quarenta a sessenta horas por semana não pertencem a ele também?

A Bíblia nunca promove a compulsão pelo trabalho ou o emprego obcecado como alívio para dor. Mas, Deus chama todos que estão em condições físicas a cultivarem os jardins que ele deu. Deus honra o trabalho. Então honre a Deus em seu trabalho. “Para o homem não existe nada melhor do que comer, beber e encontrar prazer em seu trabalho.” (Eclesiastes 2:24 NVI)

Se você gostou da reflexão mande o link para um amigo ou colega www.iluminalma.com/vec/1204/24-seu-trabalho-e-deus.html


- tradução Dennis Downing do livro de Max Lucado “Cure for the common life : Living in your sweet spot”. Nashville, Tenn.: Copyright Thomas Nelson Publishers, para o site www.iluminalma.com]

  Copyright © 2012 Max Lucado. Todos os direitos reservados.