Vendo com os olhos de Jesus

de Dennis Downing

 



 

Saindo daquele lugar, dirigiu-se à sinagoga deles, e estava ali um homem com uma das mãos atrofiada. Procurando um motivo para acusar Jesus, eles lhe perguntaram: “É permitido curar no sábado?” Ele lhes respondeu: “Qual de vocês, se tiver uma ovelha e ela cair num buraco no sábado, não irá pegá-la e tirá-la de lá”?

Quando homens têm que perguntar se Deus permite ou não permite fazer o bem, alguma coisa está errada.

No sábado, os intérpretes da lei só permitiam ajudar uma pessoa se corresse risco de morte. Qualquer outra ajuda teria que esperar até o dia seguinte. A própria discussão casuística da lei revela que tais homens perderam de vista o propósito de Deus em criar ordenanças como o sábado.

O propósito do sábado era descanso e alívio para o homem. Os líderes religiosos só conseguiam enxergar a letra dos limites e não o espírito da Escritura. No homem com a mão atrofiada, Jesus viu um ser humano. Os líderes religioso viram um ponto de doutrina. Jesus viu uma oportunidade para ajudar. Os líderes religiosos viram um debate para ganhar.

Quando Jesus perguntou o que os líderes religiosos fariam com uma ovelha, ele tirou a questão da sinagoga e do seminário e colocou onde deveria estar - na vida real. Infelizmente, muito debate religioso ocorre em ambientes fechados e teóricos, onde é fácil chegar com frieza a conclusões que machucam e destroem vidas.

Jesus nos chama a olhar essas questões de forma pessoal e íntima. Será que sua posição ou "linha" seria diferente se o ponto de doutrina em debate envolvesse seu filho ou sua filha? Quando você se achar diante de uma situação polêmica na vida Cristã, procure ver o que Jesus está vendo. Olhe com os olhos do mestre. O que é mais importante? Quem é mais importante?

Freqüentemente, em diferenças e debates entre Cristãos, o que gera a maior parte do conflito nem é um ponto claro e objetivo nas Escrituras. Procure ver a perspectiva de Jesus - o que é mais importante para Deus?

Aqui, Jesus mostrou, é ajudar pessoas. Olhe situações semelhantes com os olhos do Senhor. De repente começamos a ver coisas que nem enxergamos antes. Começamos a ver o que Jesus viu. Basta ver isso, que o resto ficará claro.  

Oremos: Deus Pai, o Senhor deve ficar bastante frustrado conosco. Queremos seguir a vontade do Senhor. Queremos obedecer sua Santa Palavra, mas às vezes acabamos invertendo o propósito dela porque não a entendemos. Dai-nos a sabedoria para interpretar e aplicar bem, para o nosso bem, a Bíblia. Obrigado por Jesus, o Intérprete dos intérpretes. Que ele possa nos iluminar sempre que nos depararmos com situações onde ainda não enxergamos bem. Em nome de Jesus oramos e agradecemos. Amém.


Esta meditação vem de "Jesus disse" http://www.hermeneutica.com/jd/, um devocional diário que segue em seqüência as palavras de Jesus. Se quiser fazer parte desta caminhada, visite e assine o devocional em www.hermeneutica.com/jd

Copyright © 2012 Dennis Downing